Páginas

domingo, 4 de outubro de 2015

Quero trabalhar com games (yeyyy)! Tá, mas o que eu preciso para isso?


Se você é um aluno que esta iniciando o seu curso de computação, ou desenvolvimento de jogos, ou simplesmente um profissional que quer mudar de carreira, esse artigo vai te dar a diretriz inicial (ou pré-requisitos mesmo) para iniciar uma carreira na indústria dos games (jogos).

Eu (game developer, professor de desenvolvimento de jogos) considero essencial esses 3 pontos para inicio:
  • Entusiasmo e vontade
  • Inglês
  • Motivação de um mercado mais exigente

Vamos explicar cada um deles.

O primeiro ponto é o do entusiasmo e vontade. Essa é uma área que exige do profissional uma grande paixão pelo tema. Se você quer ser um programador java, não precisa amar java. Se você quer ser um game developer (desenvolvedor de jogos) PRECISA amá-los.

Felizmente esse é o requisito mais fácil para a maioria das pessoas, principalmente as mais jovens, que já nasceram na era digital.

Mas o requisito vai além, é preciso ter realmente muita vontade para trabalhar nessa área. Considerando o mercado indie (depois posso falar mais sobre o tema), a maioria dos desenvolvedores já desistiu de projetos por falta de motivação. Tem muitos artigos sobre o tema, uma pre-pesquisa rápida para vocês:


Essa recomendação de artigo nos leva ao ponto 2, o inglês! A língua inglesa já é essencial para quem pretende trabalhar na área de computação, tecnologia da informação, ou ate mesmo tecnologia pura. Mas se você pretende trabalhar na área de jogos, ou simplesmente fazer seu jogo como um hobby, inglês é vital. Ou seja, sem saber inglês é impossível, então se você ainda não sabe, aprenda. (hoje em dia tem varias formas...ver series com legenda em inglês e depois sem legenda, sites que ensinam, arrumar um amigo americano e praticar com ele conversação por Skype, ou simplesmente pagar uma escola ou prof. particular para aprender)

Por fim, o ultimo pré-requisito, é novamente a motivação! Mas nesse caso vista de um ângulo diferente. Para quem trabalha em empresas grandes, é de conhecimento publico o árduo trabalho de se fazer jogos, envolvendo rotinas de trabalho de 60 a 80 horas semanais por anos. O chamada Crunch, a rotina de trabalho em que se gasta cada segundo possível de sua semana trabalhando, geralmente é adotada no final de projetos, para evitar atraso. Infelizmente o Crunch já virou o padrão, e hoje é adotado desde o inicio do projeto, e é uma das grandes causas de burnout e evasão de ótimos profissionais da área (e em parte, o que motivou a revolução indie).

Muitos artigos falam sobre o assunto e seus males, mas as grandes empresas continuam utilizando o Crunch como regra.


Quem acha que o Crunch é exclusivo de empresas grandes, e quer fazer sua própria empresa para desenvolver jogos indies e assim evitar o Crunch, também esta enganado. Os desenvolvedores indies mais famosos admitem publicamente trabalhar tanto quanto trabalhavam em empresas grandes (com Crunch), com a diferença de que eles trabalham para eles mesmos (para a empresa que eles criaram).


Então é importante estar ciente de que é uma carreira que vai exigir muito de vocês. (Como ilustração vejam o filme Indie Game The Movie: http://buy.indiegamethemovie.com/)
A seguinte figura mostra o tempo de Crunch de desenvolvedores no mercado



Fonte: http://www.gamasutra.com/view/feature/188671/game_developer_qualityoflife_.php

Além disso, uma outra parte importante no quesito motivação, é a comparação com outras possíveis carreiras. Porque ao escolher uma carreira, você está deixando de escolher varias outras. Esteja ciente que outras carreiras na TI, geralmente, envolvem salários melhores com horas melhores. Se você quer ser desenvolvedor indie então, entenda que dinheiro será sim um grande problema. Vários desenvolvedores indies famosos contam suas historia de como sobreviveram comendo Nissin Miojo por anos (sim, o macarrão instantâneo, pq ele é barato!) até conseguir o seuprimeiro jogo de sucesso:


Se você não se assustou tanto para já ter desistido, então parabéns! Bem vindo ao time, jovem motivado desenvolvedor de games! 

Nenhum comentário:

Postar um comentário